Fique em casa: tem filmes, museus, livros, cursos, ferramentas de trabalho e até mesmo zoológico ao vivo.

Estudantes e trabalhadores de todo Brasil estão seguindo as recomendações de isolamento para evitar o avanço do Covid-19. Nesse período, vale a pena contar com alguns serviços gratuitos para a quarentena do coronavírus, que englobam as áreas de educação, trabalho, cultura, entretenimento e bem-estar.

Muitos profissionais tiveram que trocar o escritório pelo home office e agora precisam de ferramentas para trabalhar. Já os alunos do ensino superior estão sem aulas, mas desejam aproveitar o tempo livre para continuar estudando. Sem falar que todo mundo precisa de alguns momentos de lazer e autocuidado no tempo livre, que agora devem acontecer em casa.

Lista de serviços gratuitos para a quarentena do coronavírus

Educação

O tempo de quarentena é um excelente momento para estudar e ampliar o conhecimento. Há muitos conteúdos educacionais com formato digital, como videoaulas e cursos MOOC, que foram criados por grandes universidades. Aliás, alguns cursos geram certificados, portanto, contribuem com o currículo e servem de atividades complementares.

1 – Fundação Bradesco

Reúne 95 cursos de Administração, Contabilidade e Finanças, Desenvolvimento Pessoal e Profissional, Informática e Educação Básica e Pedagogia. E o melhor de tudo: gera certificado de conclusão.

2 – FGV Online

São 55 cursos sobre Finanças Pessoais, Sustentabilidade, Direito, Economia, Gestão de Pessoas, Gestão Empresarial, Marketing, Relações Internacionais, entre outras áreas. Gera certificado.

3 – AVA UFRB

O espaço tem vários cursos EAD sem tutoria e com vagas ilimitadas. É uma boa opção para universitários que estão sem aulas e precisam de atividades complementares. Gera certificado.

4 – PoCA UFSCar

A plataforma oferece mais de 30 cursos gratuitos online com certificação, que contemplam as áreas de Docência em EAD, Tecnologias na Educação, Sustentabilidade, Matemática, Gestão, entre outras.

5 – USP

A universidade usa o Coursera para disponibilizar 17 cursos online sobre temas de tecnologia, saúde e negócios.

6 – Harvard

A universidade americana liberou o acesso para mais de 100 cursos gratuitos, de 14 áreas diferentes, em sua plataforma online. Conteúdo em inglês.

7 – Coursera

É uma boa opção de plataforma para quem domina inglês e deseja fazer cursos nas maiores universidades do mundo, como Stanford e Yale. Algumas empresas também usam esse ambiente digital para ensinar, como é o caso do Google e IBM.

8 – MIT

Assim como Harvard, essa universidade americana usa a plataforma edX para oferecer vários cursos gratuitos online, que você pode fazer na quarentena do coronavírus.

9 – Iversity

O site reúne cursos de várias universidades da Europa, especialmente em inglês e alemão.

10 – Google Hangout

Esse serviço permite fazer reuniões com até 250 pessoas, transmissões ao vivo para até 100.000 espectadores e gravações. Todos os recursos avançados estão com acesso liberado por causa da pandemia.

11 – Zoom

Esse é um dos serviços de videoconferência mais usados do mundo. Por conta do coronavírus, não há mais tempo limite de videochamada na versão gratuita.

12 – Microsoft Teams

A ferramenta permite gravar e salvar chamadas. É um serviço corporativo premium, mas que ficará disponível gratuitamente por seis meses.

13 – SAP Remote Pulse

Essa ferramenta é ótima para enfrentar o home office, afinal, mede a evolução do trabalho em tempo real. Esse recurso da SAP ficará disponível para uso gratuito por três meses.

14 – SAP Ariba Discovery

Uma ferramenta que ajuda compradores e fornecedores a se comunicar de maneira mais rápida. O produto ficará disponível gratuitamente por 90 dias.

15 – Adobe Connect

Para quem precisa gerenciar reuniões, treinamentos e salas de aulas virtuais, o software Adobe Connect é uma ótima solução. As imagens produzidas são de alta qualidade e com definição de DVD. O acesso segue gratuito até 1º de julho de 2020.

16 – Avid

Os profissionais que estão trabalhando em casa podem solicitar a licença gratuita de alguns sistemas de edição de vídeos não-linear até o dia 17 de abril. São eles: Media Composer, Ultimate, Pro Tools, Pro Tools e Ultimate e Sibelius.

17 – WebEx

Outro software de reuniões online e videoconferências é o WebEx, da Cisco. Vários recursos foram liberados gratuitamente para os países afetados pela pandemia, como uso ilimitado e suporte de até 100 participantes.

18 – Cloudflare

Para que o trabalho remoto se torne mais seguro e fácil, a Cloudflare disponibiliza gratuitamente o serviço Cloudflare for Teams para pequenas empresas. O acesso gratuito é válido por pelo menos seis meses.

19 – Go Live

Todos os profissionais que precisam de um bom serviço de transmissão ao vivo podem contar com o Go Live, uma ferramenta do Discord. Se antes cada live aceitava no máximo 10 pessoas, agora esse número aumentou para 50. É uma boa opção para professores e colegas de trabalho que precisam se comunicar.

20 – LinkedIn Learning

O tempo de quarentena é um bom momento para desenvolver habilidades profissionais e atualizar o currículo. Por esse motivo, o LinkedIn oferece 16 cursos gratuitos na sua plataforma. Os títulos abordam diferentes temas relacionados ao trabalho remoto, como ferramentas para reuniões virtuais e produtividade.

21- LogMeIn

Por causa do Covid-19, o LogMeIn disponibilizou um kit de emergência gratuito que inclui várias ferramentas como suporte de TI, webnars e gerenciamento de dispositivos.

22 – Zoho

O Zoho também favorece quem trabalha remotamente, através de um conjunto de aplicativos que facilitam as etapas de comunicação, colaboração e produtividade. O acesso gratuito segue disponível até até o dia 1º de julho de 2020.

Cultura e Informação

Museus, bibliotecas e centros culturais estão fechados por causa do Civid-19. Contudo, isso não significa que você vai ficar sem acesso à cultura nas próximas semanas.

23 – Google Arts & Culture

Visitas online gratuitas em mais de 1.200 museus de 70 países. Impossível cair no tédio com essa coleção.

24 – Museu do Louvre

Realize uma visitação virtual a um dos maiores museus do mundo. Tem várias salas e exposições que você pode conhecer com detalhes.

25 – Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS)

Várias coleções de fotografia, audio e vídeo podem ser acessadas gratuitamente no acervo digital do MIS. É uma boa opção para ocupar o tempo e enriquecer o repertório cultural.

26 – Amazon

São centenas de livros grátis na versão Kindle. Existe a possibilidade de baixar o aplicativo para ler no celular.

27 – L&PM Editores

Não é somente a Amazon que oferece e-books gratuitos na quarentena do coronavírus. A L&PM Editores vai tornar gratuito o cesso de um livro por dia.

Conheça outros sites com livros grátis em PDF.

28 – Jornais

As notícias e reportagens sobre o coronavírus estão com acesso livre para não assinantes em alguns jornais brasileiros. A lista inclui Folha de São Paulo, Estadão, O Correio do Povo, Gazeta do Povo, Jornal do Comércio, A Gazeta e O Popular.

29 – Entretenimento

Os serviços gratuitos para a quarentena do coronavírus também incluem opções de entretenimento. Várias operadoras de TV por assinatura liberaram canais para não assinantes, assim como as plataformas de streaming.

30 – GloboPlay

Conteúdo liberado gratuitamente para não assinantes por até 30 dias.São mais de 30 títulos infantis para entreter as crianças.

31 – Vivo

Vários canais estão disponíveis gratuitamente e podem ser acessados pelo aplicativo Vivo Play. Além disso, clientes com plano pós-pago e controle contam com bônus de internet por dois meses.

32 – Claro

Além de liberar vários canais, a operadora também abriu um sinal de wi-fi para não clientes.

33 – Oi

De 14 a 28 de março, a TV por assinatura está com sinal liberado para canais como Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, Lifetime E Cinemax.

34 – Sky

Cliente da Sky agora contam com mais de 70 canais liberados.

35 – SpcinePlay

A plataforma de streaming liberou o acesso grátis ao seu conteúdo por 30 dias. Há filmes, séries e shows brasileiros para todo mundo.

36 – Telecine Play

Nos próximos 30 dias, o serviço de streaming do Telecine Play vai ficar com o acesso livre. Aproveite a programação de filmes dos canais Premium, Action, Touch, Fun, Pipoca e Cult.

37 – Forbes

Pelo aplicativo Forbes Brasil Prime, é possível ter acesso a algumas edições online de graça.

38 – The Enemy

A maior plataforma de games do Brasil tem 15 jogos eletrônicos disponíveis de graça durante a quarentena do coronavírus.

39 – Shows

Alguns artistas estão fazendo shows ao vivo em streaming para deixar os fãs mais animados, como é o caso do Coldplay. No Brasil, já aconteceu uma apresentação do cantor Leoni e a cantora Paula Fernandes também tem shows marcados nesse formato.

Para ter acesso a esse tipo de conteúdo, fique de olho nas redes sociais e páginas oficiais dos músicos.

40 – Kinedu

O aplicativo, disponível para iOS e Android, tem centenas de atividades educativas e divertidas para crianças com idade entre 0 e 4 anos. O conteúdo com mais de 1.800 atividades segue liberado até o dia 15 de abril.

41 – Zoológico

Muitos parques e pontos turísticos estão fechados, mas ainda assim você pode se entreter com a sua família. O zoológico de San Diego, na Califórnia, permite observar os animais direto do sofá e em tempo real, graças às câmeras ao vivo espalhadas pelo espaço.

Saúde e Bem-estar

Os serviços de entretenimento ajudam na distração, mas também é preciso cuidar da saúde e ter qualidade de vida.

42 – Psicologia Viva

Atendimento psicológico online e gratuito para moradores de SP até o dia 31 de março.

43 – Ensino Einstein

Cursos gratuitos para quem deseja ampliar os conhecimentos sobre saúde.

44 – UNA-SUS

Quem está preocupado com a pandemia do Covid-19 pode acessar a Universidade Aberta do SUS e conferir um especial sobre o tema. Com informação segura, fica mais fácil cuidar da saúde.

45 – Spiritual Me

Ansioso? Preocupado? Tente acalmar a mente e conter o desespero. Esse aplicativo é perfeito para quem precisa aprender técnicas de meditação.

46 – Nike Training Club

Com a impossibilidade de ir à academia, a solução é contar com um bom app para fazer exercícios em casa. O aplicativo da marca esportiva cria séries de 15 a 45 minutos que ajudam a manter a forma.

Gostou da seleção de serviços gratuitos para a quarentena do coronavírus? Conhece outras alternativas? Deixe a sua sugestão nos comentários.

Fonte: https://viacarreira.com/

Por Isabella Moretti